Latest Resistance management for sustainable agriculture and improved public health

Brazil

INTRODUCAO

A evolução da resistência de pragas a pesticidas tem sido um dos grandes entraves em programas de MIP em diversas culturas a nível mundial. Dentre as conseqüências da resistência estão a aplicação mais freqüente de produtos, uso de dosagens acima da recomendada no rótulo ou na bula do produto, uso indevido de mistura de produtos, e mudança de produto (geralmente para um produto mais caro e/ou mais tóxico) na tentativa de se obter um controle satisfatório de uma determinada praga. Apesar da relevância do problema da resistência, poucos são os estudos nesta área no Brasil. Um dos recentes avanços para a implementação de programas de manejo da resistência de pragas a pesticidas no Brasil foi a criação do IRAC-BR (Comitê Brasileiro de Ação a Resistência a Inseticidas) em maio de 1997.

Report in brief from 2021/22:

  • Translating and publishing methodologies for whitefly and caterpillars to be inserted on the IRAC Brazil website (ongoing)
  • Updating summaries of monitoring from the previous season. (ongoing)
  • UpdatING of the brochures/folders on Tuta absoluta and Diaphorina citri  and creating  a new publication Plutella xylostella.
  • Ongoing IRM training & promotion events; meetings, seminars, conventions and field demonstration as well as participation and seminar at the 2022 Brazilian Congress of Entomology.
  • Creation of a new working group focussed on nematodes
  • Producing weekly social media posts and emails on IRM

IRAC Brazil Website

Link to the website of IRAC Brazil (Portuguese)

IRAC Brazil Video

Em prol das estratégias de manejo da resistência de pragas a inseticidas

Key brazil resources

We use anonymous data in cookies to understand website usage. You consent to our cookies if you continue to use this website.